a Lady With a Bug

Praticando a terapia do desabafo…

Arquivo para a categoria “Mudança”

Otimismo…. Pra nada.

Tem dia menos ruim… Tem dia muito ruim e tem dia tipo ontem, pessimo, que deixa rastro até o dia seguinte.
To sem força, sem vontade de levantar mas sendo obrigada, pq a vida não pára…
O pior de tudo é perceber que não houve vontade de lutar por um final diferente… Ou por uma continuaçao diferente… Aceitou e ponto. Devo ter sido um peso muito grande mesmo, e o que sobra agora é alivio…. Triste.
Vai passar logo, ne?!?

Por enquanto é só.

Anúncios

A lady sem bug

é…. a lady finalmente foi cuidada como deveria e não tem mais bug….. e com isso, criou um espaço novo para menino e menina…… voltarei de vez em quando para falar sobre outras coisas, mas a gente agora vai ficar num cantinho nosso….. um dia eu conto onde…..

Por enquanto é só…..

Fim da contagem regressiva!

“Declaro para os devidos fins, e a quem possa interessar, que a contagem regressiva foi encerrada antes do prazo por questões técnicas que não puderam ser resolvidas: incapacidade das partes em  ficar separadas!

Atenciosamente,

A Gerencia!”

E por enquanto é TUDO ISSO!!!

Tempo

Incrível como o tempo não passa quando se espera algumas resoluções, né?

Tem um monte de coisas para acontecer, e o tempo não passa para chegar na época certa… to ficando mais agoniada do que imaginei que ficaria, e isso está me deixando longe de comida…sim, não como muito bem quando estou ansiosa….

Na verdade, o problema todo está em depender dessas novidades….mas dependo, indiretamente, mas dependo.

Enquanto isso, vamos na torcida, não só na Copa, mas para que tudo se acerte da melhor maneira..LOGO!

Por enquanto é só.

Fechando (mesmo) um ciclo!

Lendo os 3 últimos post do blog, dá pra notar o turbilhão de emoções e dúvidas que pairava no ar….Uma mistura de indecisão com vontade de acertar, de medo de dar um passo a frente…ou para trás.

Quem me conhece sabe que eu já disse isso uma porção de vezes, mas agora é diferente: realmente sinto que o que precisava ser vivido daquilo acabou. E como eu percebi isso? Não foi apenas por ter sido a milésima tentativa, mas porque no dia seguinte, foi como se nada tivesse acontecido. Nada de ruim tivesse acontecido. Não chorei, não senti falta, não sofri como nas vezes anteriores…Calejada? Pode ser…Lógico que fica uma sensação de que, de novo, não conseguimos manter as coisas bem, mas é infinitamente menor do que a sensação de que tentamos de tudo, em várias etapas diferentes de vida, e que é isso, acabou. Acabou. A-C-A-B-O-U!

Agora vou deixar meu coração descansar um pouco, repor as energias, ficar forte de novo para novas emoções….

Por enquanto é só.

Navegação de Posts

%d blogueiros gostam disto: